quinta-feira, 30 de outubro de 2008

amantes


Penso em relações...
Em onde acaba a realidade e começa a ilusão.Qual o mecanismo que nos faz ter noção da realidade?Como saber se estamos verdadeiramente apaixonados,se não nos deixamos elevar.Cair no encantamento,sentir o flutuar.Ele nasce a cada beijo,mas o medo...talvez seja ele o mecanismo.
Por outro lado não sinto medo de estar nesta não relação.Sinto algo como:
"espera...calma;respira...parece que te estás a apaixonar."
O outro homem que eu fui atrás...
Talvez seja a insegurança...sim ela,a que me faz pensar em não te chamar meu amor.
Menos da outra vez...sei que ouviste.
Tu não comentaste...nem eu.
Estou insegura quando não te vejo,quando não me ligas.Recuso acreditar na teoria mais plausivel,até porque acredito em ti nas tuas razões e em como disseste;és de facto assim.Acredito,até porque já sei ver quando estás a mentir.
E se me deu uma crise de ingenuidade aguda quando olhei com atenção?
Ai!tenho medo e estou insegura.Dá para reparar?
Faz-me impressão:
se não temos mais ninguém porque temos de ser amantes?
Aqueles que se amam.

1 comentário:

Lita disse...

Está bonito...
... hoje, não é um bom dia para eu comentar isto!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Prendas

Ocorreu um erro neste dispositivo