sábado, 31 de janeiro de 2009

Schubert...




Sinto-me hoje um barco á deriva,
sem mestre ,nem tripulação.
Amparado pelo frio,que traz o meu coração.
Sinto a chuva a cair,misturadas no meu temporal.

Sal com sal.

Cabelos revoltos ao vento,
Medeias no meu pensamento.
Pobreza na minha vontade ...
E fome dessa verdade.



.

4 comentários:

Ianita disse...

Afasta a loucura do teu pensamento. Medeia não é coisa boa...

A chuva vem para nós todos... mas o bom da chuva, é que passa.

Kiss

Pedro Barata disse...

Toca a elevar esse espírito!
Beijinhos

Lita disse...

Mercurio foi-se, amiga.... enjoy!

Kayla disse...

Amigos foi só ontem!...
e durou poucas horas...
Obrigada:)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Prendas

Ocorreu um erro neste dispositivo